Gestão Empresarial

Dicas para empreendedores: saiba como separar o dinheiro pessoal e o da empresa

dicas-para-empreendedores-saiba-como-separar-o-dinheiro-pessoal-e-o-da-empresa.jpeg

Encontrar empreendedores que misturam as contas pessoais com as do negócio ainda é uma situação muito comum. Todavia, essa prática coloca a empresa em risco, visto que, no longo prazo, pode haver comprometimento da capacidade de honrar os compromissos — o que causa endividamento e pode levar a empresa à falência.

Neste artigo, listamos algumas dicas para empreendedores realizarem essa separação. Quer saber como deixar de depender do capital empresarial para resolver questões pessoais? Continue a leitura do post!

1. Crie contas separadas no banco

Esse é o primeiro passo e uma das mais importantes dicas para empreendedores conseguirem separar os gastos pessoais da situação empresarial. Dessa forma, é possível fazer a segregação tanto do dinheiro quanto das contas que precisam ser pagas. Mas, é preciso ter em mente que a disciplina é fundamental na hora de colocar essa mudança em prática.

2. Não leve as contas de casa para a empresa

Parece óbvio que essa seja uma das dicas para empreendedores fazerem a separação das contas. Porém, esse é o principal motivo pelo qual o dinheiro da empresa é utilizado inadequadamente. Sendo assim, esse hábito deve ser completamente eliminado da rotina.

Logo, as contas pessoais devem ser organizadas no ambiente familiar, da mesma forma que as questões relacionadas ao negócio são resolvidas na empresa.

3. Defina um valor fixo mensal para suas retiradas

Todo empreendedor tem direito a um salário, que é chamado de pró labore. Nesse caso, deve-se definir qual será esse valor de retirada, que deve ser utilizado para honrar os compromissos pessoais. Isso quer dizer que nenhum valor além desse deve ser retirado da empresa. 

Além disso, é preciso ter o cuidado de não estipular um valor muito alto, que não condiz com os lucros que a empresa gera. Se o dinheiro não é suficiente, o certo é mudar o padrão de consumo pessoal em vez de sobrecarregar as finanças do negócio.

4. Crie uma reserva de emergência

Essa é uma das dicas que sempre é oferecida, mas quando o assunto é voltado para o orçamento pessoal. Porém, faz todo sentido citá-la aqui, uma vez que outro grande motivo das retiradas indevidas se dá pelo surgimento de alguma emergência pessoal.

Sendo assim, o ideal é destinar uma parte do pró labore para a criação de uma reserva, que será utilizada para cobrir essas situações.

5. Se necessário, busque ajuda profissional

Em alguns casos, pode ser necessário contar com uma ajuda profissional para conseguir organizar as finanças empresariais e pessoais. Ela pode ser conseguida por meio de uma empresa de contabilidade, consultoria, ou até mesmo pelo processo de coaching.

Neste artigo, citamos apenas algumas dicas para empreendedores começarem a organizar melhor o orçamento empresarial e evitar que as contas pessoais sejam misturadas com as contas da empresa. Contudo, vale ressaltar que esse é um processo que envolve, também, planejamento e muita disciplina — para evitar que as retiradas sejam realizadas fora do que foi estabelecido.

O que achou das nossas dicas? Quer continuar recebendo dicas para empreendedores, relacionadas a diversos assuntos? Então assine a nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro das novidades!

Sobre o autor

Fortes Contabilidade

Deixar comentário.

Share This
Navegação