Gestão Empresarial

Diagnóstico empresarial: por que é tão importante fazer?

diagnostico-empresarial-por-que-e-tao-importante-fazer.jpeg

Uma administração correta é essencial para o sucesso de todo negócio. O gestor eficiente conhece a fundo seu negócio e sabe identificar falhas e implementar melhorias em seus processos. Para tanto, a melhor ferramenta de que dispõe é a realização de um diagnóstico empresarial completo. Você conhece esse método e sabe como funciona?

Neste post, elaboramos uma guia para que você entenda como funciona o diagnóstico para a instituição das melhores práticas gerenciais, bem como seus requisitos, principais tarefas, profissionais envolvidos e vantagens. Confira:

O que é o diagnóstico empresarial?

O diagnóstico empresarial corresponde a um checkup do negócio, sendo uma metodologia de avaliação que levanta os principais aspectos de uma organização, tais como:

  • processos de produção;

  • estoques;

  • vendas;

  • custos;

  • logística;

  • marketing;

  • posições financeiras e mercadológicas, dentre outros.

Esses levantamentos e o entendimento mais profundo do negócio permitem que seja traçado um histórico para comparativos internos e externos, aumentando sua competitividade. Seu objetivo principal é realizar, por meio de uma série de questionamentos, uma aferição de objetivos, empecilhos e oportunidades de crescimento, criando soluções práticas e descomplicadas.

Quais são os requisitos para a implantação do diagnóstico?

O diagnóstico empresarial pode ser feito a qualquer momento, porém é altamente recomendado para os momentos em que a empresa deseja adotar novas técnicas gerenciais, demandando maior engajamento da equipe e mudança em procedimentos internos e externos. Também é ideal que ele seja em feito quando houver comprometimento das metas desenhadas em função da desmotivação dos colaboradores.

Qualquer negócio pode ser alvo do diagnóstico empresarial, bastando apenas ter algum tempo (ainda que curto) de existência, já que negócios a serem implantados demandam planejamento e estudo. Para seu funcionamento é necessário ter acesso às informações contábeis, sistemas de gestão financeira e de procedimentos do empreendimento.

Quais são as tarefas e os profissionais envolvidos no diagnóstico empresarial?

A avaliação moverá os funcionários e áreas da empresa e culminará na elaboração de uma estratégia personalizada, dividindo-se da seguinte forma:

  • Finanças: avaliação de indicadores financeiros, destacando o comportamento das receitas, despesas e lucratividade;

  • Contabilidade: identificação do regime de tributação aplicado ao negócio, auditoria das demonstrações contábeis e avaliação das informações trabalhistas e previdenciárias;

  • Marketing: relações com consumidores, mídias online e offline e planejamento de estratégias de marketing adequadas;

  • Recursos Humanos: avaliação de sistemas de recrutamento e seleção, retenção de talentos e concessão de treinamentos;

  • Operações e processos: avaliação da qualidade do fluxo de processos e logística.

Para a realização do diagnóstico, é altamente recomendada a contratação de profissionais especializados a fim de garantir imparcialidade, segurança e confiabilidade em todo o procedimento.

Eles saberão como melhor conduzir a avaliação e extrair dela os resultados mais significativos, transformando-os em metas e objetivos, permitindo ainda que os demais colaboradores foquem no desempenho de suas tarefas.

Quais são os seus benefícios?

Além de propor medidas gerenciais adequadas, o diagnóstico empresarial situa a companhia no mercado, propiciando o suporte necessário para a elaboração de um planejamento estratégico e a adoção de medidas que às vezes passam batidas pelos gestores do negócio.

E então, compreendeu a importância do diagnóstico empresarial? Curta nossa página no Facebook e LinkedIn e não se esqueça de seguir nosso perfil no Twitter para acompanhar mais dicas como esta!

Sobre o autor

Fortes Contabilidade

Deixar comentário.

Share This
Navegação