Contabilidade

Controle patrimonial: entenda o que é e sua importância

controle-patrimonial-entenda-o-que-e-e-sua-importancia.jpeg

É muito comum que os empresários e gestores dediquem muito tempo para o cumprimento das obrigações tributárias e trabalhistas e deixem de lado o controle patrimonial. Porém, para uma gestão eficiente e para a realização de investimentos seguros, conhecer os ativos imobilizados é essencial.

Por isso, neste post vamos explicar o que é controle patrimonial e apresentar algumas razões pelas quais você deve mantê-lo em dia. Acompanhe:

O que é controle patrimonial e como ele funciona?

O controle patrimonial consiste no levantamento de todo o patrimônio da empresa ou do empreendimento. Ele deve incluir os bens tangíveis (como edificações, veículos e computadores) e os bens intangíveis, como as patentes e franquias, por exemplo.

Para realizá-lo de forma eficiente e evitar o risco de erros, você precisa contar com apoio de um contador. Esse profissional vai ajudá-lo na realização do inventário dos bens e na separação de cada um deles por categoria e por finalidade.

Quais são as vantagens de realizá-lo?

Segurança jurídica

Realizar um controle patrimonial transparente é essencial para evitar problemas com a Receita Federal, no caso das Declarações de Imposto de Renda, e com o Poder Judiciário, em caso de ações judiciais de cobrança de verbas trabalhistas ou de processos de falência, por exemplo.

O que é preciso ter em mente é que os bens têm valor comercial e, por tal razão, fazem parte do patrimônio total da entidade, assim como os valores recebidos em dinheiro. Vale destacar, também, que o controle preciso dos bens é importante para que você verifique se pode conseguir alguma dedução fiscal.

Controle eficiente

Para mensurar com exatidão o lucro ou eventuais prejuízos da sua empresa, você precisa, também, ter certeza do quanto gastou com a compra de maquinário(e sua depreciação), com a troca de objetos antigos por novos, com a perda ou roubo de bens do imobilizado ou materiais essenciais para o serviço, entre outros.

Sem esses dados, fica mais difícil gerir os seus recursos e criar uma previsibilidade de despesas futuras. Logo, fica mais difícil pensar em como investir no crescimento empresarial e qual é o momento certo para isso.

Além disso, é essencial que o controle dos itens do ativo imobilizado esteja perfeitamente alinhado com a escrituração contábil, proporcionando uma correta classificação quanto à vida útil e cálculo de sua depreciação.

Programação para manutenção dos bens

Ao conhecer todos os bens que compõem o ativo imobilizado da sua empresa, você tem a possibilidade de programar ações de manutenção ou realizar a troca desses bens antes que eles depreciem totalmente.

Essa medida evita gastos desnecessários e ainda permite recuperar parte dos investimentos feitos anteriormente.

Possibilidade de adquirir um certificado de qualidade

Para a obtenção de um certificado de qualidade, como o ISO 9000, por exemplo, você precisa apresentar todo o patrimônio da sua empresa, inclusive o patrimônio imobilizado. Ou seja, se você não tiver um controle intenso dos seus bens, não terá êxito no curso do procedimento de certificação.

Vale destacar que esses certificados são muito importantes e conferem credibilidade e segurança às relações comerciais. Isso atrai mais clientes, te coloca em posição de superioridade em relação aos concorrentes e gera visibilidade para o seu negócio.

Entendeu os motivos pelos quais o controle patrimonial é imprescindível? Então converse com um contador de confiança e comece já a organizar a sua empresa! Sem dúvida essa medida só trará benefícios.

Esse texto te ajudou? Então siga nosso site nas redes sociais e acompanhe todas as nossas postagens!

Sobre o autor

Fortes Contabilidade

Deixar comentário.

Share This
Navegação